Ao trabalho nada resiste

diogo boiadeiro

Sem perder tempo e com competência profissional, surgiu uma aragem de sol e a equipe do Digo Boiadeiro conseguiu vencer os obstáculos  da precariedade das estradas do extremo-norte de Mato grosso

Assim como aquele ditado popular conhecido de todos os brasileiros, o de que “quem madruga Deus ajuda” parece se concretizar com muita realidade a cada dia, algo nos faz lembrar a famosa frase, dita pelo considerado último bandeirante do século XX, Ariosto da Riva. (In memória) “Ao trabalho nada resiste”, uma verdade que a cada dia se concretiza no chão que ele tanto defendeu, incluindo Apiacas.

carroceria boiadeira

Caminhões carregados de bois em estradas quase intransitáveis, o progresso não pode parar por aqui…

É fato quando nos deparamos com brasileiros oriundos de diversas regiões do país como os que atuam no extremo- Norte de Mato Grosso, onde muito ainda se tem por fazer.

E fazemos questão de frisar neste novo artigo descrevendo sobre a bravura destes soldados sem farda, da agricultura e da pecuária do Centro Oeste brasileiro, que madrugam e parecem receber como recompensa uma ajudinha dos céus para alcançarem seus propósitos.

estras chuvosasi

Ao trabalho nada resiste, quando os homens decidem e madrugam, não há obstáculos que o detenham

Recentemente escrevemos sobre a equipe de Diogo Boiadeiro, de Guarantã do Norte, em Mato Grosso que enfrentava as adversidades climáticas para transportar uma boiada de aproximadamente 300 cabeças de bovinos entre Apiacás e Guarantã do Norte.

Por causa das chuvas, a boiada já embarcada em mais de dez caminhões boiadeiro ficou quase uma semana na estrada de terra em péssimas condições sem condições de seguir viagem, mas na tarde de ontem (09) após uma aragem de sol, a frota, com os cuidados dos profissionais da equipe de Diogo Boiadeiro, conseguiram romper os obstáculos e alcançar a MT- 208, pavimentada.

Como frisamos transportar boiada nesta época do ano nesta região necessita de profissionais competentes, tanto do volante, como do trato com o gado, e Digo tem se mostrado veterano nesta atividade. Segundo compartilhou com nossa reportagem, para que tudo dê certo, não se pode perder tempo e nem agir com pressa, bastou um dia de sol e sua equipe mostrou esta competência.

Mato Grosso será muito maior, quando os que o administram o Estado também mostrarem a sua competência, principalmente no cuidado com malha viária do Estado, que em qualquer país sempre representará as artérias do progresso.

Por Lira Netto/ repórter, servidor público estadual e bacharel em Direito

 

Um comentário sobre “Ao trabalho nada resiste

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s